Palestra orienta produtores sobre botulismo

morte súbita de bovinos com suspeita de botulismo tem preocupado os pecuaristas do Agreste pernambucano. Diante desse quadro, a Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe) e o Sindicato Rural de Buíque reúnem criadores em busca de informações para evitar a propagação da enfermidade.

O tema será abordado nesta quarta-feira (22), no município de Buíque, durante palestra ministrada pelo médico veterinário Benito Caraciolo, técnico da Agência de Fiscalização e Defesa Agropecuária (Adagro).

“Muitos produtores ainda não sabem como a doença é contraída e ocasiona a morte dos animais. Por isso é tão importanteconscientizá-los sobre a necessidade de vacinar o rebanho, como principal forma de prevenção do botulismo”, afirma o presidente da Faepe, Pio Guerra.

O gestor ressalta, ainda, que o fator climático está diretamente associado à infestação da doença no Estado, que já enfrenta o seu quinto ano consecutivo de seca. De acordo com o gestor, bovinos confinados também podem adquirir o botulismo quando alimentados com silagem, feno ou ração mal conservados, que possam conter matéria orgânica em decomposição ou carcaças de pequenos mamíferos e aves, que por acidente, possam ter sido incorporados ao alimento no momento da preparação. “Estas condições favorecem a multiplicação da bactéria e produção de grandes quantidades da toxina botulínica”, explica Guerra.

Além disso, reservatórios de água, águas paradas ou açudes contaminados por carcaças de roedores, pequenas aves ou animais silvestres, também podem ser considerados como possíveis fontes de infecção para bovinos a campo e estabulados.

Sintomas

O bovino com botulismo apresenta dificuldade para se deslocar em consequência da paralisia dos membros posteriores, que ao se agravar, a afeta também os membros anteriores. Por isso o animal passa a maior parte do tempo deitado.  

Com a evolução da doença, o animal não consegue mais levantar-se e tem paralisia dos músculos da mastigação, indicada pela incapacidade de apreender e ingerir os alimentos. No estágio mais avançado do botulismo, o animal sente dificuldade para respirar, em decorrência da paralisia flácida progressiva dos músculos esqueléticos, ocasionada pela ação da toxina, embora apresente estado mental e sensorial normal. A morte do animal é antecipada por coma, acompanhado de insuficiência e parada respiratória.

Operação da Lava Jato: Humberto Costa emite nota

 

Sobre a fase da Operação Lava-Jato realizada nesta terça-feira (21), o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), esclarece que a Polícia Federal já solicitou o arquivamento do inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal (STF) por não encontrar qualquer evidência de irregularidade ao longo de dois anos de extensa investigação.

O senador – que tem contribuído com as autoridades em todos os esforços necessários à elucidação dos fatos – está certo de que a ação de hoje vai corroborar a apuração realizada até agora, que aponta para o teor infundado da acusação e da inexistência de qualquer elemento que desabone a sua vida pública.

Porfim, o senador Humberto Costa reitera que sempre esteve e continua à disposição para quaisquer informações adicionais de que necessitarem a Polícia Federal, a Procuradoria-Geral da República e o Supremo Tribunal Federal e espera que o inquérito em tela possa, finalmente, ser concluído.

Haddad: Nordeste esperou um século pela transposição

 

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad também esteve na grande festa da transposição, em Monteiro (PB), liderada pelo ex-presidente Lula no último final de semana; em vídeo, Haddad afirma que a água viajou 200 km até Monteiro; "É um resgate da dignidade de um povo que esperou um século por esse dia chegar", disse Haddad; ex-prefeito também foi saudado por Lula, que lembrou o trabalho de Haddad no Ministério da Educação; a obra de transposição do Rio São Francisco é histórica e vai beneficiar 12 milhões de pessoas do agreste nordestino

Secretário de Agricultura carnaibano infarta e está no PROCAPE

O secretário de Agricultura de Carnaíba Zé Ivan sentiu-se mal e foi diagnosticado com um infarto ontem. O Secretário estava em Carnaíba quando precisou ser levado para o Hospital Regional Emília Câmara. Lá os exames identificaram uma alteração que obrigou a equipe a transferi-lo para Recife.

Zé Ivan está no Procape, na área central do Recife. O quadro é estável. O Secretário está consciente e conversou esta manhã com o prefeito Anchieta Patriota. “Ele está bem. Falei com ele, está consciente. Deve fazer um cateterismo para avaliação”, afirmou.

Apesar de não ter aparente perfil de risco (não é obeso ou fumante) há outros fatores como o genético além do estresse tradicional da função pública que podem determinar um infarto. “Quem administra coisa pública tem nível de estresse acima do normal”, diz o próprio Anchieta que já foi pra faca pelo mesmo motivo. O Secretário foi acompanhado pelo vice, Júnior de Mocinha.

No dia 07 de março Ze Ivan  Secretário de agricultura de Carnaiba-PE, concedeu entrevista a o comunicador Anchieta Alves, na qual falou das ações da Secretaria de Agricultura, em outros dias participou de reunião da comissão permanente pela garantia dos direitos sociais, participou no evento de renegociação de dividas agrícolas e participou da sessão do legislativo para tratar de assuntos referentes ao fechamento do matadouro público de Carnaiba-PE.  

Foto: Blog do Anchieta Alves, 

Informações do Blog do Nill Junior e Blog do Anchieta Alves

ELIAS CRISPIM AGRADECE A TODA COMUNIDADE PELO APOIO AO PROJETO SOCIAL

Existem pessoas que parecem que nasceram para contribuir com a melhoria da vida de outras tantas pessoas. Assim é como defino os membros da diretoria e jogadores (atletas) companheiros. Dentre os trabalhos significativos na região do Semiárido Brasileiro, lutar pela consolidação das práticas de convivência com a região parece a mais importante, pois como bem destaca Carvalho (2006, p. 29) , 
A lógica da convivência com o Semiárido visa focar a vida nas condições sócio-ambientais desta região, em seus limites e potencialidades, pressupondo novas formas de aprender a lidar com esse ambiente, na busca de alcançar e transformar todos os setores da vida. Portanto, não é apenas viver no Semiárido e supostamente aceitar as agruras da natureza, mas um viver estabelecido como a comunhão que os indivíduos mantêm com o lugar, oportunizando organizar e criar alternativas de produção a partir dos limites e possibilidades que a natureza oferece. 
Estou agradecido a toda comunidade, que hoje esta em torno de 2.267 ,segundo dados atuais do IBGE, pela manifestação de carinho, credibilidade a apoio ao Projeto Social que esta sendo desenvolvido nesse distrito. Será um longo caminho a ser percorrido mais que não faltará força e motivação para alcançarmos o êxito. Contamos com apoio de todos, obrigado por tudo.#MASSA.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, céu, shorts, filho, atividades ao ar livre e natureza

 

Grupo João Santos, um dos maiores do setor cimenteiro, decreta falência

 

:

Grupo empresarial João Santos, que chegou a deter 13% do mercado nacional de cimentos e detinha a marca Nassau, decretou, oficialmente, sua falência no último final de semana; com 12 fábricas espalhadas por diversos estados do Nordeste, a produção do grupo era de cerca de 6,4 milhões de toneladas mensais de cimento; conglomerado também atuava nas áreas de açúcar e álcool, papel e celulose, além de possuir uma rede de comunicação

Barrar Lula no tapetão é golpear a esperança

Ricardo Stuckert: <p>Lula em Monteiro</p>

Desde que ficou evidente o fracasso do golpe de 2016, que produziu a maior depressão econômica da história do Brasil e levou ao poder um governo repleto de investigados por corrupção, o projeto da direita brasileira passou a ser barrar a candidatura presidencial do ex-presidente Lula no tapetão judicial; para que isso ocorra, ele precisa ser condenado em primeira e segunda instância antes da próxima disputa presidencial; no entanto, esse projeto esbarra num elemento novo: a resistência do povo brasileiro, que viveu, neste domingo, 19 de março de 2017, um dia histórico, com a inauguração popular da transposição do São Francisco; a imagem captada pelo fotógrafo Ricardo Stuckert na cidade de Monteiro (PB) revela o que Lula representa para o povo sofrido do Brasil: a esperança de dias melhores

Semana da Água tem vasta programação na região do Pajeú

Com o tema “Caatinga: Guardiã da Água”, uma programação ampla está sendo preparada por organizações sociais integrantes da Articulação no Semiárido de Pernambuco (ASA-PE), em parceria com diversos segmentos da sociedade civil, para comemorar a 5° Semana Mundial da Água (SEMA) no Sertão do Pajeú. Os eventos começam nesta segunda (20), e seguem até o dia 24 (sexta-feira) nas cidades de Afogados da Ingazeira, Carnaíba, São José do Egito, Serra Talhada e Triunfo.

 

A SEMA tem como objetivo chamar a atenção da sociedade e do poder público para as consequências da degradação da vegetação da Caatinga, o que provoca escassez de água no Semiárido. A programação, relacionada ao tema da Campanha da Fraternidade 2017 – “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”, contará com caminhada, missa, seminários, ato em defesa do Rio Pajeú, abraço simbólico ao açude de Triunfo, palestras e audiência pública.

 

A proposta é difundir práticas de conservação e uso consciente da água, além de reivindicar políticas públicas de garantia dos recursos hídricos.

 

Confira a programação:

 

20/03 – Carnaíba

ü  8h – Caminhada pelas nascentes na comunidade de Barreiros, organizada pela Diaconia, Grupo Fé e Política e parceiros locais;

ü  11h – Missa na mesma comunidade com os padres Luís Marques (Luizinho), da Ingazeira, e Antônio Orlando, de Afogados da Ingazeira, para refletir sobre o bioma Caatinga e a necessidade de conservar as nascentes da comunidade.

21/03 – Serra Talhada

ü  9h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “Como garantir a água por mais tempo”, organizado pelo Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor) e parceiros locais – palestrantes: Professor Genival Barros – UFRPE e agricultor (a) experimentador (a). Local: Auditório do Cecor

22/03 – Triunfo

ü  8h – Ato Público

ü  9h30 – Abraço no Açude

ü  14h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “Reaproveite a água que você usa” -Palestrantes: Professor Daniel Duarte – UFPB/INSA e agricultor (a) experimentador (a) – Realização: Adessu, Centro Sabiá e parceiros locais

22/03 – Serra Talhada

ü  8h – Ato Público em defesa do Rio Pajeú – Concentração no Bairro da Caxixola

ü  13h30 – Palestra no IF Sertão – Campus Serra Talhada

ü  19h – Palestra no Centro Tecnológico – Serra Talhada

23/03 – Afogados da Ingazeira

ü  8h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “A água que a Caatinga Guarda” – palestrantes: Professor Genival Barros (UFRPE) e agricultor (a) experimentador (a) – Realizado pela Diaconia, Casa da Mulher do Nordeste, Rede de Mulheres Produtoras e Grupo Fé e Política – Local: Centro de Inclusão Digital

24/03 – São José do Egito

ü  8h – Audiência Pública para tratar de conflitos pelo uso da água em reservatórios do município – convidados: APAC, CPRH, Ministério Público Estadual, Prefeitura Municipal e Câmara de VereadoresSemana da Água tem vasta programação na região do Pajeú

 

Com o tema “Caatinga: Guardiã da Água”, uma programação ampla está sendo preparada por organizações sociais integrantes da Articulação no Semiárido de Pernambuco (ASA-PE), em parceria com diversos segmentos da sociedade civil, para comemorar a 5° Semana Mundial da Água (SEMA) no Sertão do Pajeú. Os eventos começam nesta segunda (20), e seguem até o dia 24 (sexta-feira) nas cidades de Afogados da Ingazeira, Carnaíba, São José do Egito, Serra Talhada e Triunfo.

 

A SEMA tem como objetivo chamar a atenção da sociedade e do poder público para as consequências da degradação da vegetação da Caatinga, o que provoca escassez de água no Semiárido. A programação, relacionada ao tema da Campanha da Fraternidade 2017 – “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”, contará com caminhada, missa, seminários, ato em defesa do Rio Pajeú, abraço simbólico ao açude de Triunfo, palestras e audiência pública.

 

A proposta é difundir práticas de conservação e uso consciente da água, além de reivindicar políticas públicas de garantia dos recursos hídricos.

 

Confira a programação:

 

20/03 – Carnaíba

ü  8h – Caminhada pelas nascentes na comunidade de Barreiros, organizada pela Diaconia, Grupo Fé e Política e parceiros locais;

ü  11h – Missa na mesma comunidade com os padres Luís Marques (Luizinho), da Ingazeira, e Antônio Orlando, de Afogados da Ingazeira, para refletir sobre o bioma Caatinga e a necessidade de conservar as nascentes da comunidade.

21/03 – Serra Talhada

ü  9h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “Como garantir a água por mais tempo”, organizado pelo Centro de Educação Comunitária Rural (Cecor) e parceiros locais – palestrantes: Professor Genival Barros – UFRPE e agricultor (a) experimentador (a). Local: Auditório do Cecor

22/03 – Triunfo

ü  8h – Ato Público

ü  9h30 – Abraço no Açude

ü  14h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “Reaproveite a água que você usa” -Palestrantes: Professor Daniel Duarte – UFPB/INSA e agricultor (a) experimentador (a) – Realização: Adessu, Centro Sabiá e parceiros locais

22/03 – Serra Talhada

ü  8h – Ato Público em defesa do Rio Pajeú – Concentração no Bairro da Caxixola

ü  13h30 – Palestra no IF Sertão – Campus Serra Talhada

ü  19h – Palestra no Centro Tecnológico – Serra Talhada

23/03 – Afogados da Ingazeira

ü  8h – Seminário A Caatinga Guardiã da Água: “A água que a Caatinga Guarda” – palestrantes: Professor Genival Barros (UFRPE) e agricultor (a) experimentador (a) – Realizado pela Diaconia, Casa da Mulher do Nordeste, Rede de Mulheres Produtoras e Grupo Fé e Política – Local: Centro de Inclusão Digital

24/03 – São José do Egito

ü  8h – Audiência Pública para tratar de conflitos pelo uso da água em reservatórios do município – convidados: APAC, CPRH, Ministério Público Estadual, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores