Aécio diz que vai processar Veja

 

:

Inconformado com o fim da blindagem midiática em torno de seu nome, marcado pela capa da "Veja" do último fim de semana em que é acusado diretamente de corrupção, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o "Mineirinho" da lista de propina da Odebrecht, diz que pretende processar a revista da editora Abril

AVISTÃO SUPERMERCADO COMEMORA OS 9 ANOS DE EXISTENCIA EM CARNAIBA E FAZ SORTEIO DE 6 PREMIOS DE R$ 500,00 EM COMPRAS

O Avistão supermercado matriz de Carnaiba-PE, comemorou no último sábado os 09 anos de existência em Carnaíba, Alecsandro e sua esposa Evangela, juntamente com a equipe do Avistão fizeram o sorteio de R$ 500,00 em compras para seis clientes do Avistão, com muito forró pe de serra com Genailson, Vinicius e seu trio e muita chuva, foi comemorado com muita alegria os noves anos do Avistão, Alecsandro Queiroz agradeceu bastante a Carnaiba, fez um resgate de todo inicio do Avistão  supermercado e falou do seu carinho por Carnaiba e a sua população. 

Lula: Dilma é inocente e quem deu o golpe não sabe o que fazer com o Brasil

Em entrevista nesta manhã à Rádio Jornal de Pernambuco, o ex-presidente Lula disse que espera que o TSE faça justiça no julgamento da chapa Dilma-Temer, que começa nesta terça-feira 4, e declarou estar "convencido da inocência da Dilma"; para ele, "as pessoas que deram um golpe no Brasil não sabem o que fazer com o Brasil"; "Tentaram destruir o PT e um ano depois o Brasil tá pior", constata; Lula voltou a defender eleições diretas, para que o País volte a ter credibilidade, e sobre a economia, argumentou que "só tem um jeito nesse momento": "incluir o pobre no orçamento"; "O povo precisa ter dinheiro para gastar"

Pochmann: Tudo caminha para que não haja eleições em 2018

MARCELLO CASAL JR: Brasília - O presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Márcio Pochmann, participa do seminário cujo tema é Economia Solidária, Superação da Miséria e Desenvolvimento, promovido pelo Ministério do Trabalho.

Para o economista e professor da Unicamp, o cenário de ruptura da democracia brasileira exige reações fora da institucionalidade; "Tudo caminha para que não haja eleições em 2018", diz Marcio Pochmann, e por isso, a necessidade de avançar em outras saídas; "A democracia no Brasil é uma exceção, a regra é o autoritarismo. Em mais de 500 anos de história, temos 50 de democracia", afirma; "Se quisermos uma eleição democrática em 2018, precisamos radicalizar", completa

COISA DA POLITICA: BRIZOLA TINHA RAZÃO NA POLITICA VOCE TEM QUE ENGOLIR SAPOS

Brizola tinha razão,  a politica tambem é a arte de engolir sapos, quantos acordos politicos não são feitos entre politicos, que mesmo divergindo e sendo atacados, na maioria das vezes os acordos politicos são feitos contra a vontade,mas para garantir a hegemonia no PODER muitas vezes vai na tese de Brizola tem que engolir sapos.

Tijolaço: Pernambuco responde por que não saem pesquisas

:

Jornalista Fernando Brito, do blog Tijolaço, repercute a pesquisa da Uninassau, divulgada nesta segunda-feira, 3, que aponta o ex-presidente Lula liderando a preferência do eleitor de Pernambuco com 65%, muito a frente dos dois que empatam em segundo: Marina Silva e Jair Bolsonaro, com 6%; "Aí está uma boa razão para entender porque não aparecem pesquisas presidenciais há tempos e porque, hoje, Nélson Jobim diz que Lula, se chegarem ao ponto de o mandarem prender ou cassarem seu direito de ser candidato, elege qualquer um – a começar por Ciro Gomes, segundo ele – em 2018"

Lula terá apoio de pelo menos seis governadores do Nordeste

 

:

Candidatura presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será apoiada por pelo menos seis dos nove governadores do Nordeste: Wellington Dias, do Piauí, Flávio Dino, do Maranhão, Camilo Santana, do Ceará, Rui Costa, da Bahia, Renan Filho, de Alagoas, e Ricardo Coutinho, da Paraíba; o motivo é simples, além de liderar com folga no Nordeste, Lula deve crescer ainda mais depois da inauguração popular da transposição do São Francisco; além disso, como o governo Temer, da coalizão formada por PMDB e PSDB, é rejeitado por mais de 80% da população local, apoiar Lula será uma questão de sobrevivência política para os governadores que disputarão a reeleição ou o Senado; mais do que simplesmente apoiá-lo, os governadores do Nordeste também poderão organizar uma frente ampla em defesa da legalidade, para impedir que a direita brasileira impeça Lula no tapetão, com condenações em primeira e segunda instância

Movimento Sindical Rural debate estratégias de resistência e luta contra as ameaças aos direitos dos/as trabalhadores/as

A Fetape realiza, nesta segunda-feira, a primeira reunião de 2017 do seu Conselho Deliberativo. Esse é um espaço importante para o Movimento Sindical dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Pernambuco (MSTTR), pois é nele que são realizados debates e encaminhamentos fundamentais para o fortalecimento da luta pela defesa e ampliação de direitos dos homens e mulheres do campo. A atividade, que deve reunir cerca de 400 lideranças sindicais de todas as regiões do estado, acontece no Centro Social da Federação, em Carpina, e terá início às 9h, com uma análise de conjuntura, que contará com exposições dos senadores José Pimentel, que é ex-ministro da Previdência, e Humberto Costa.

Entre as pautas abordadas pelas lideranças Sindicais estão, especialmente, a realização da Audiência Pública Estadual sobre a Reforma da Previdência (PEC 287), que está marcada para o dia 17 de abril, na Assembleia Legislativa; mesma data do Grito da Terra Pernambuco, momento em que se espera do Governo do Estado o retorno sobre várias reivindicações do Movimento Sindical Rural e de um conjunto de Movimentos e Organizações Sociais que atuam no campo. Para essas duas ações, estão sendo mobilizados mais de 5 mil participantes.

As lideranças presentes farão, ainda, um balanço das audiências públicas sobre a Reforma da Previdência que vêm acontecendo nos municípios, e que têm reunido centenas de trabalhadores e trabalhadoras em cada localidade. Essas iniciativas já ocorreram em mais de 60% das cidades do estado, e a proposta do conjunto do MSTTR é atingir 100% (184 municípios). Uma campanha de Sindicalização e contra a PEC 287 também está entre as pautas do Conselho, que vai até o meio dia da terça-feira.

(Foto de Conselho de 2016/Arquivo Fetape)