Assessoria confirma agenda de Raquel Lyra em Serra Talhada

Governadora vai abrir o CLIPE no município

Idealizado pela Secretaria de Educação e Esportes (SEE) de Pernambuco, o Circuito Literário de Pernambuco (CLIPE) chega ao município de Serra Talhada para dar início, nesta segunda-feira (6), à Etapa Sertão do projeto, que já passou por Caruaru. A governadora Raquel Lyra abre o evento.

Tendo como tema “Culturas periféricas de saberes ancestrais: educação, diversidade e equidade”, os participantes da feira literária terão a oportunidade de aprender sobre a temática por meio de uma programação extensa e diversificada.

Além das atrações culturais, o evento ainda vai contar com estandes de editoras estaduais e nacionais, montados para a comercialização de livros para todas as idades e gostos.

A assessoria não confirma entretanto a participação da governadora no desfile cívico, como chegou a se especular.

Na terça,  Raquel terá agenda em Salgueiro.  Para essa agenda,  ainda não há muitos detalhes.  O prefeito Marcones Sá deverá estar na agenda institucional.

Entretanto,  as informações são de que o grupo da governadora apoiará Fabinho Lisandro, do PRD, nome da oposição. Assim,  a dúvida é se ela pernoita na cidade segunda para o lançamento de sua pré-candidatura, prevista para 18h30.

(BLOG DO NILL  JUNIOR)

PRODETER BNB: Reune Comitê Gestor Territorial da Apicultura do Sertão do pajeú em Serra Talhada

No dia 30 de Abril de 2024, foi realizada uma reunião do Comitê Gestor da Apicultura (CGT) do Programa Prodeter (Programa de Desenvolvimento Territorial) do Território Sertão do Pajeú, no auditório do SEBRAE, localizado no Shopping de Serra Talhada/PE. O Comitê Gestor estava representado por várias instituições e entidades públicas e privadas, incluindo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE PE), a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF), o Instituto de Terra e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (ITERPE), o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR PE), a Federação Estadual dos Apicultores e Meliponicultores de Pernambuco (FEAMPE), a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Rota do Mel, a D&A Consult, a Associação Mirandibense de Apicultores e Meliponicultores (AMIRAMEL), a Associação dos Apicultores do Sertão Central (AASC), a Associação Belmontense de Apicultores e Meliponicultores (ABAMEL), a Associação dos Apicultores e Meliponicultores de Serra Talhada (ASAPMSTA), a Associação dos Apicultores de Carnaíba e Região (AAPIC), a Associação de Apicultores e Meliponicultores de Verdejante (AAPIVE)UFRPE – Universidade Rural de Pernambuco e os Secretários dos Municípios de Carnaíba, Mirandiba, São José do Belmonte e Serra Talhada.

Na reunião, foi apresentado o Plano de Ação Territorial (PAT) do Programa PRODETER do Território Sertão do Pajeú da Apicultura, pelo Coordenador Edilson da Silva e pelo Agente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste do Brasil, Josenildo Torres, com dados e destaques das principais ações realizadas pelas instituições e entidades públicas e privadas, desde o lançamento do Plano em 2019 até o ano de 2023, quando o Plano foi encerrado. Foram discutidas e aprovadas pelo Comitê Gestor a permanência dos três municípios do Plano anterior, Mirandiba, São José do Belmonte e Serra Talhada, e a inclusão de novos municípios, sendo Carnaíba, Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo e Verdejante. Com a aprovação dos municípios pelo Comitê, ficou definida pelo Comitê a elaboração de um novo Plano de Ação Territorial (PAT) voltado para a atividade da apicultura, que deverá ser lançado ainda em 2024.

Com o encerramento e conclusão do Plano, a plenária do Comitê definiu a nova diretoria, com a coordenação geral a cargo do técnico e consultor Marcelo Lopes, a coordenação adjunta com João Bringel e a consultoria técnica com Darliclécia Lopes. Neste novo Plano de Ação Territorial (PAT), iremos atuar como facilitadores na sua construção, em parceria com as entidades e instituições públicas e privadas, com o objetivo de ampliar os investimentos na atividade da apicultura e meliponicultura, apoiando e inserindo os apicultores e meliponicultores na comercialização dos seus produtos apícolas e derivados”, concluiu o Agente de Desenvolvimento Josenildo Torres.

O Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste é uma estratégia do BNB para contribuir com o desenvolvimento territorial e local, por meio da organização, fortalecimento e elevação da competitividade das atividades econômicas da região em toda a sua área de atuação.