Fotos: Farol de Notícias/Max Rodrigues

Publicado às 03h52 desta quinta-feira (19)

A emoção tomou conta da pré-candidata a prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado, nessa quarta-feira (18), após ser anunciada, oficialmente, como o nome do grupo que vai para a disputa eleitoral de 2020, tentar manter em andamento o trabalho do prefeito Luciano Duque.

Durante entrevista coletiva à imprensa, a pré-candidata foi questionada pelo Farol se estava preparada para assimilar críticas da oposição, de que estava sendo lançada como um ‘poste’ ou invenção da cabeça do prefeito Luciano Duque, por ser neófita em política. Bem ao seu estilo, e com voz mansa, Márcia Conrado rebateu o argumento.

“Sobre as críticas {de ser um poste de Luciano Duque} curiosamente, hoje estava olhando as matérias antigas do Farol sobre mim e me deparei com a matéria quando fui anunciada como secretária de saúde e não foi muito diferente não. Diariamente era atacada com críticas, só que a gente conseguiu não ir rebater às críticas, mas ir na casa de quem realmente precisa e escutar do que a pessoa precisava para ser melhorado na saúde de Serra Talhada. E é por isso que neste 5 anos e meio, a gente tem conseguido se destacar nacionalmente. Vou continuar do mesmo jeito. Críticas por críticas sei que sempre vão existir, mas respondemos com trabalho e humildade, escutando quem realmente precisa e vive em Serra Talhada.

PERFIL DO VICE

Ainda durante a coletiva, a pré-candidata também foi questionada sobre o perfil do candidato a vice-prefeito na chapa, uma vez que cresce os rumores que o atual vice-prefeito, Márcio Oliveira, pode ser mantido na chapa.

“É um assunto que a gente ainda não sentou para conversar. Tem que alinhar alguns pontos e se organizar, entre os vereadores. Temos até maio para decidir o vice, mas quem tem tempo não tem pressa. A gente vai sentar para decidir juntos”, finalizou.