Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

REUTERS/Ueslei Marcelino: <p>Ministro Gilmar Mendes durante sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília, Brasil 20/6/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino</p>

Cada vez mais irritado com os escrachos públicos que vem recebendo, o ministro Gilmar Mendes vai pedir à Polícia Federal para investigar que o xingou em um voo comercial no último sábado; entre outras coisas, o magistrado foi chamado de  "cagão" e "bosta"