Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

:

Em sua fala, advogado Cristiano Zanin lembrou que o próprio juiz Sergio Moro afirmou jamais relacionou o caso Lula a contratos da Petrobras – objeto da acusação; Zanin diz que o juízo jamais afirmou na sentença que os valores nos contratos da Petrobras foram utilizados para pagar vantagens indevidas ao ex-presidente. Por isso, a competência jamais poderia ter existido. "Buscou-se de uma afirmação, sem qualquer respaldo"