Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

:

Analistas de 11 das instituições que mais acertaram as estimativas para a economia brasileira durante 2017 no Boletim Focus, do Banco Central, avaliam que o País não irá retomar a gerar de empregos também em 2018; todos projetam que a taxa de desemprego ficará acima de dois dígitos; os mais conservadores, como o grupo Credit Suisse Hedging-Griffo, veem o desemprego na casa dos 12%; até o trimestre encerrado em novembro, a taxa de desemprego estava em 12%, segunda a Pnad Continua do IBGE; desde abril de 2015, cerca de 3 milhões de postos registrados foram perdidos