Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

: <p>estácio</p>

Mais um efeito nefasto da reforma trabalhista de Michel Temer; a demissão de 1.200 professores pela universidade Estácio, no início do mês, inspirou outras instituições de ensino a fazer o mês; cortes já foram efetuados, ou estão em planejamento; a Metodista mandou embora cerca de 50 professores, conforme cálculos do Sinpro-ABC (sindicato do ABC), que relata atrasos nos salários e no 13° desde 2015; aa semana passada, a Cásper Líbero desligou 13