Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

Fernando Frazão/Agência Brasil: <p>16/11/2017- Rio de Janeiro - Os deputados estaduais Jorge Picciani (na foto), Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, se entregam à Polícia Federal (PF) após terem prisão decretada Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil</p>

Ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça, negou pedido de liminar para libertar os deputados estaduais Jorge Picciani (PMDB) e Paulo Melo (PMDB), respectivamente presidente licenciado e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro; o ministro entendeu não haver urgência para a libertação dos dois, presos preventivamente na Operação Cadeia Velha, no último dia 16, sob a suspeita de terem recebido propinas de empresas de ônibus