Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

CNB Telecom

Espetaria e Bar

Publicidade

Cientistas alertaram que, "dada a atual escassez da vacina, o adiamento da segunda dose é uma questão de segurança nacional que, se ignorada, certamente resultará em milhares de hospitalizações e mortes relacionadas à COVID-19 neste inverno nos EUA"

 

(Foto: REUTERS/Dado Ruvic)

Agência Sputnik - Os pesquisadores alertaram que pode haver incerteza sobre a duração da proteção com uma única dose, mas afirmaram que a administração da segunda dose um mês após a primeira proporcionou "pouco benefício agregado em curto prazo".