Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Espetaria e Bar

Publicidade

Ao ser preso, miliciano disse que 'não vai acontecer nada': 'Meu advogado vai resolver tudo'

 ‘Vocês não sabem de nada’

Ancelmo Góes – O Globo

Lembra da cena do filme “O senhor das guerras” (2005), quando o personagem Yuri (Nicolas Cage), um traficante internacional de armas, é finalmente preso pelo agente Jack (Ethan Hawke)? O bandido não se abala e diz que logo seria solto porque tinha amigos influentes em Washington.

Pois bem. Algo parecido ocorreu, terça, na operação “Os intocáveis”, que prendeu vários milicianos, alguns deles ligados a Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. 

Ao ser preso, deitado numa cama, o subtenente da PM Maurício Silva da Costa, o Maurição, 56 anos, responsável pela circulação de vans em Rio das Pedras, disse assim a um membro do MP estadual:

— Rapaz, deixa disso, não vai acontecer nada. Vai ser como em 2008: meu advogado vai resolver tudo. Vocês não sabem de nada.

Condenado, então, a sete anos de cadeia, Maurição terminou sendo absolvido pela 6ª Câmara Criminal do Rio.