Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Espetaria e Bar

Publicidade

Altos funcionários do Banco do Brasil estão considerando antecipar suas aposentadorias por temerem a redução de seus benefícios. As ameaças têm vindo da equipe do futuro ministro Paulo Guedes. O principal alvo seria o Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que soma um salário por ano trabalhado à bolada recebida pelos que decidem se retirar da ativa – sem prejuízo de todos os demais direitos.

Para fazer jus ao ganho o interessado precisa ter, no mínimo, 30 anos de serviços prestados e 50 de idade. Antonio Maurano, vice da BB Seguros, Paulo Ricci, presidente da BBDTVM, e José Mauricio Coelho, do Previ, seriam alguns dos preocupados.

Enquanto isso, longe do peru, do pernil e até da uva-passa, os presos da Lava Jato que cumprem pena no Complexo Médico-Penal de Pinhais (PR), incluindo o ex-todo-poderoso Eduardo Cunha, já fizeram a ceia de Natal. Cada um recebeu do Conselho da Comunidade, entidade que atende os mais de 11 mil detentos da Região Metropolitana de Curitiba, uma esfiha, um pedaço de bolo de goiabada e um copo de refrigerante. Isso sem contar a apresentação de uma dupla sertaneja. Afinal, dezembro é mês de cantoria.  (Ricardo Boechat – ISTOÉ)