Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

Em campanha velada pelo comando do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) se cruzaram semana passada quando o primeiro chegava e o segundo saía de um gabinete no qual buscavam, ambos, apoio à empreitada.

 “Desiste! Esse voto já é meu”, disse Tasso, para quebrar o gelo.

“Mas o meu voto  também é seu!”, respondeu o emedebista.  (FSP)