Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

A ideia do grupo de Jair Bolsonaro de revogar a PEC da bengala, que adiou a aposentadoria de ministros do STF de 70 para 75 anos, é uma guinada: em 2015, ele e o filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, votaram a favor da medida.

Na época, a ideia era impedir que o PT, então no governo, nomeasse cinco ministros para o 
lugar dos que se aposentariam por idade.

Como Bolsonaro ganhou, seus apoiadores querem revogar a medida. Assim, ele indicaria ao menos quatro magistrados até 2022. (Mônica  Bergamo)