Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Espetaria e Bar

Publicidade

O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, com referências diretas, depreciativas e ameaçantes à presença de nossos médicos, tem declarado e reiterado que modificará termos e condições do Programa Mais Médicos, com desrespeito à Organização Panamericana da Saúde”.

“O povo brasileiro, que fez o programa Mais Médicos uma conquista social, que confiou desde o primeiro momento nos médicos cubanos, aprecia suas virtudes e agradece o respeito, sensibilidade e profissionalismo com que lhes atenderam, poderá compreender sobre quem cai a responsabilidade de que nossos médicos não podem continuar prestando ajuda solidária nesse país, finaliza a nota do governo cubano