Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

Blog do Kennedy

Vice-candidata à Presidência da República na chapa de Fernando Haddad (PT), a deputada estadual Manuela D’Ávila (PC do B-RS) afirmou que fake news têm ajudado o adversário Jair Bolsonaro (PSL) a obter votos no eleitorado feminino.

“Ele é um mentiroso. Nunca antes se viu isso na história das eleições. Escuto absurdos a meu respeito. Deve ter milhões de dólares para espalhar tantas fake news. São mentiras absurdas, como a história do kit gay”, disse a candidata, em entrevista nesta quarta ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”.

Manuela criticou a atuação parlamentar de Bolsonaro e a ausência do candidato do PSL em debates. “Seria ótimo que ele tivesse a hombridade de participar.”

A candidata a vice de Haddad também atacou o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), vice de Bolsonaro. Mourão foi convidado a dar entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, mas até ontem à noite a resposta da assessoria era que só Bolsonaro estava autorizado a falar pela campanha no segundo turno.

“Quero que ele mostre quem são as mulheres desajustadas”, afirmou, em relação à declaração de Mourão de que famílias sem o pai, apenas com mães e avós, formariam desajustados. “Eles são baixos e sujos. Não acredito que quem usa criança para fazer política tenha condição de governar o Brasil”, disse Manuela.