Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

Com Informações Do Blog do Magno Martins

O programa eleitoral do PT exibiu o depoimento de Maria Amelia de Almeida Telles, ex-militante do PCdoB durante a ditadura militar, em que relata a tortura que sofreu do general Carlos Alberto Brilhante Ustra, homenageado por Jair Bolsonaro em seu discurso no impeachment de Dilma Rousseff.

No vídeo, Amelinha, como é conhecida, diz que “o momento de maior dor foi o Ustra levando os meus dois filhos na sala de tortura, onde eu estava nua, vomitada, urinada”.