Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

Dirigentes de diversos partidos se espantaram com a renovação imposta pelas urnas ao Congresso. Nomes tradicionais da direita e da esquerda foram limados

 “Foi uma eleição contra o establishment”, comentou Aécio Neves (PSDB-MG), que se elegeu deputado federal.

#Elesnão -  Políticos que se projetaram na tropa de choque de Michel Temer na Câmara, como Beto Mansur (MDB-SP) e Darcísio Perondi (MDB-RS), não conseguiram se reeleger.

Lúcio Vieira Lima (MDB-BA), irmão de Geddel, o das malas de dinheiro, também ficou de fora.(Daniela Lima – FSP)