Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, obteve uma vitória contra o Google e o YouTube na Justiça Eleitoral. O ministro Sergio Silveira Banhos determinou que o provedor excluísse da internet vídeo que apresentava o pedetista como dependente químico.

O filme utilizava montagens para transformar uma foto de um cigarro comum em um cigarro de maconha.

O ministro, na decisão, frisou o direito à liberdade de expressão, mas ressaltou que há limites.

“Não se pode entender lícita a conduta de difundir fatos sabidamente inverídicos”, disse.  (Daniela Lima – Painel da Folha)