Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

O ministro Gilmar Mendes mandou soltar, hoje, o ex-governador do Paraná Beto Richa, alvo da Operação Radiopatrulha, que mira supostas propinas em contratos de manutenção de estradas rurais no interior do estado. O tucano estava em cárcere temporário (prazo de cinco dias prorrogáveis) desde terça, 11, e teve a prisão convertida em preventiva (tempo indeterminado) na noite de hoje.