Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

O ministro Dias Toffoli, 50, toma posse na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quinta (13) com um discurso recheado de referências de sua geração. Citará, entre outros, Cazuza e Renato Russo. E falará sobre o momento eleitoral do país.

Ele dirá que “o tempo não para [Cazuza]” e que o Brasil não está em crise, mas em transformação. E afirmará, como na poesia de Renato Russo, que “o futuro já não é mais como era antigamente”.

 “O jogo democrático traz incertezas”, dirá ainda o ministro. “A coragem de se submeter a elas faz a grandeza de uma nação. Não podemos ficar presos ao passado. Não podemos deixar o medo e o ódio entrar em nossas vidas, como no clássico [filme] ‘O Segredo dos seus Olhos’.”