Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

:

Em um vídeo gravado e divulgado nas redes sociais do candidato à reeleição ao Senado Magno Malta, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) falou pela primeira vez após ter sido esfaqueado durante um evento de campanha em Minas; no vídeo, gravado dentro da UTI, onde continua internado, Bolsonaro - que já defendeu a tortura durante o período da ditadura militar, além de atacar minorias, e mais recentemente simulou "metralhar petistas", afirma "nunca fez mal a ninguém"