Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

O jornalista Ricardo Kotscho criticou a decisão que não autorizou a entrada do argentino Adolfo Perez Esquivel, Premio Nobel da Paz, na sede da Polícia Federal em Curitiba para visitar o ex-presidente Lula, que é mantido como preso político no local; "É possível que ninguém no governo brasileiro tenha se dado conta até agora do vexame internacional causado por este gesto autoritário de impedir um Premio Nobel de entrar nas suas dependências carcerárias?", questiona o jornalista; "E se o papa Francisco, argentino como Esquivel, pedir para visitar Lula, vai ser barrado também?", pergunta Kotscho