Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

O PT ingressou com uma representação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) visando a impugnação da pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Datafolha na qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – que foi condenado sem provas – não aparece no cartão principal, apesar de liderar todas as pesquisas de intenção de voto realizadas até o momento; advogados do partido devem se reunir nesta sexta-feira (13) com o ministro relator do processo no TSE, Napoleão Nunes, para tratar da urgência do pedido de suspensão da divulgação dos dados da pesquisa; após a tentativa de calar Lula por meio de uma prisão sem provas, o golpe, agora, visa subverter a legislação eleitoral excluindo o candidato que lidera todas as pesquisas de intenção de voto em qualquer cenário político