Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

A tropa de choque da polícia militar do Paraná, estado governado pelo tucano Beto Richa, disparou bombas de gás lacrimogênio contra a população que aguardava a chegada do ex-presidente Lula e se manifestava pacificamente diante da sede da Polícia Federal; com isso, a crise brasileira entra numa nova etapa e se aproxima de uma ditadura formal, depois que se consumou a segunda etapa do golpe, que foi a prisão de Lula, num processo que tem como finalidade impedir que o povo brasileiro possa votar livremente em 2018; segundo relatos dos presentes, várias pessoas, inclusive crianças, ficaram feriadas; crimes cometidos contra a democracia brasileira estão sendo denunciados por grandes lideranças internacionais, como Pablo Iglesias, do Podemos espanhol, e Jean-Luc Melénchon, da France Insoumisse;