Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Rádio Web

Publicidade

 

A presidente deposta Dilma Rousseff, derrubada sem crime e substituída por um consórcio de ladrões, se manifestou sobre o chamado que a Globo fez, na noite de ontem, por um novo golpe militar no Brasil; “Não podemos destruir em definitivo a frágil democracia que ainda nos resta. É preciso que todos tenham responsabilidade e respeitem a Constituição e a presunção de inocência. É inaceitável que a Globo insista em repetir o passado e como vivandeira incite ao golpe”, disse Dilma pelo Twitter